13 January 2006

Inicio de Ano

Primeiro quero pedir desculpas a todos por ainda não ter actualizado este Blog desde o inicio do ano, infelizmente este ano está-me a correr muito mal e tenho estado á espera que as coisas melhorem, mas vejo agora que não vale muito a pena continuar a esperar. Na passagem de ano ao ver o concerto dos Xutos passou esta música e bateu-me o quanto as duas primeiras estrofes reflectem actualmente a minha vida:

Circo de Feras A vida vai torta Jamais se endireita O azar persegue Esconde-se á espreita Nunca dei um passo Que fosse correcto Eu nunca fiz nada Que batesse certo o resto da música não interessa porque na verdade já não tem nada a ver

E agora antes que comecem a pôr aqui mensagens de que as coisas não são bem assim, a triste verdade é que no momento são...

10 comments:

  1. Vale sempre continuar a esperar... até porque estamos cá nós para animar e fazer os dias passar pelo menos um bocadinho melhores!!
    E se precisas dum exemplo de algo que bate certo, basta ver as nossas prendinhas de Natal! :o) Vá lá, um sorrisinho....

    ReplyDelete
  2. Pronto e são e depois? Vamos entregar o ouro ao bandido?Desistir, porque as coisas sao "assim"? Antes não eram e podem voltar a não ser, portanto, figas, que o tempo amanhã vai melhorar segundo previsões do INMG, ok? Mas que se passa ai pelos Portugais? Será que deteto um Tsunami na vida das pessoas queridas. Aiaiaiaiaia, to a ver que tenho que mandar chicolates a toda a gente, trés vitte!!!! Hummm

    ReplyDelete
  3. Nem sempre nos sentimos no melhor dos nossos dias... acredita que não estás sozinha... o teu caminho é aquele que escolhes para ti... Não te vou dizer para te animares, pois isso tem de vir de dentro de ti. Quero apenas que saibas que tens uma amiga com quem contar... mesmo que seja só para falar de assuntos disparatados e sem nexo :)...

    Bjs

    ReplyDelete
  4. É como o A. diz, as coisas neste momento são assim, e então? Daqui a uns tempos vão ser diferentes, com toda a certeza. A vida não nos pode correr sempre mal, nem sempre bem, mas acredita que mesmo que não a vejas agora, há sempre uma pontinha de luz ao fundo do túnel. Enquanto isso não acontece, estamos nós aqui para te distrair, para te fazer esquecer as coisas más nem que seja por um segundo. Um beijo grande, amiga!

    ReplyDelete
  5. eu tento pensar:
    isto tambem há-de passar.
    mas quem sou eu para falar?em certas áreas tambem me custa acreditar.
    um grande abraço!

    ReplyDelete
  6. Só para dar uma forçazinha.
    {{{S.}}}

    Força e nunca desistas dos teus objectivos.

    Jinhos,
    P.

    ReplyDelete
  7. de momento até podem ser, mas vão melhorar de certeza, amiga ... e já sabes que podes contar connosco para o que for preciso :-) um grande abraço, T

    ReplyDelete
  8. Nas palavras daquele grande senhor: Não chora, aguenta!

    Vem-me visitar!

    ReplyDelete
  9. Riposto com uma música que a mim faz sentido sobretudo nesse mas em todos os momentos:
    I get by with a little help from my friends... (Beatles)
    Os britânicos sempre foram mais sábios do que nós nestes temas! Não ficam a xafurdar na tristeza como nós.

    Lembra-te: eu estou aqui. E felizmente não sou o Pedro Abrunhosa!

    ReplyDelete
  10. Beijocas S.
    Um abraço do tamanho do mundo!!!!

    ReplyDelete